UM BLOG APOIADO PELO INSTITUTO FRANCISCO SÁ CARNEIRO

20
Set 09

Por motivos académicos, segui de forma intensa a campanha eleitoral americana do ano passado. Assisti a diversos episódios onde alguns apoiantes dos candidatos, especialmente do lado republicano, mostravam um fanatismo inaudito e desesperado. Normalmente eram apelos de fanáticos, que tentavam desesperadamente lançar boatos e rumores para a opinião pública, completamente desligados da realidade. Ora porque Obama era socialista, porque estava a soldo dos interesses islâmicos ou porque pretendia aumentar o número de abortos nos Estados Unidos. Do outro lado surgiam acusações que Mccain seria criminoso de guerra, que estava a soldo das empresas do armamento ou que era um fanático religioso. Este tipo de acusações eram sempre desconsideradas pelos responsáveis das campanhas, mas pairavam no cenário mediático, atiçados pelos fanáticos e activistas subterrâneos dos dois partidos.

Em Portugal este ano estamos a assistir a uma situação semelhante no Partido Socialista, com a agravante destas mentiras e acusações fantasiosas estarem a ter cobertura dos próprios dirigentes.  Nesta campanha eleitoral já assistimos a acusações que o PSD é um partido salazarista, que pretende fazer regressar Portugal ao tempo do Estado Novo, que o PSD tem tiques de extrema-direita (!?) e até que é um partido xenófobo. Têm-se inventado mentiras sobre o PSD, ora que pretende acabar com o Sistema Nacional de Saúde, de privatizar a Segurança Social ou até de pretender até acabar com as obras públicas. Para este PS, parece que tudo vale, até dizerem que o PSD pretende acabar com o direito ao divórcio. Estou para ver quando é que dizem que o PSD vai sair do PPE e juntar-se ao grupo de extrema-direita do senhor Le Pen. Já nada me admira. 

 

Se as pessoas que lançam estas acusações e boatos pensassem um bocadinho (só um bocadinho, vá lá), veriam o ridículo que são todos estes epítetos. A indigência intelectual dessas criticas e ataques só pode ser explicada pelo fanatismo. Para estes, que lançam estas atoardas sobre o PSD parece, de facto, que vale tudo: mentir, deturpar, caluniar e desproporcionar. 

publicado por Nuno Gouveia às 16:04

pesquisar
 
Últimos comentários
Se o balanço do trabalho do IFSC é claramente posi...
"Que o país quer genericamente mais do mesmo, é ev...
O foco neste momento são as autarquias. Penso que ...
http://osocratico.blogspot.com/2009/09/as-ultimas-...
Mais uma vez repito: o método dHhondt tem consequê...
Portugal valia o esforço de um homem de bem. Pelo ...
Esta não é a geração rasca mas diria mesmo que exi...
Confesso que estava com algum receio dos eventuais...
Concordo totalmente. Aliás, há vários dias - antes...
Excelente comentário, claro e sucinto, sobre a rea...
Twitter
subscrever feeds
Últimas ligações para este blog
Twingly Blog Search link:http://novaspoliticas.blogs.sapo.pt/ sort:published

Blog Política de Verdade

Banners

Novas Políticas

Novas Políticas