UM BLOG APOIADO PELO INSTITUTO FRANCISCO SÁ CARNEIRO

03
Jul 09

O sector da Educação tem sido, justamente, um dos mais criticados do governo de José Sócrates. É hoje evidente que Maria de Lurdes Rodrigues fracassou em toda a linha. Há várias áreas em que esse falhanço sobressai, mas gostava de analisar o baixo grau de exigência que este ministério aplicou ao ensino nos últimos quatro anos.  Obviamente  os problemas não nasceram com este governo, mas o que foi feito apenas agravou os problemas endémicos do sector.

Dizer que o facilitismo acentuou-se nas escolas é hoje um cliché que tem eco na generalidade da sociedade portuguesa, a começar pelos especialistas independentes e pelos próprios professores. A passagem de ano é favorecida artificialmente, os alunos perderam o respeito pela figura do professor, e degradou-se a qualidade do ensino.  Exemplos disto não faltam, como o fim das provas globais obrigatórias no 9º ano, a manipulação das estatísticas através de exames exageradamente fáceis ou  a alteração do Estatuto do Aluno, que premiou  a ausência de empenho e representou mais uma machadada na autoridade do professor na sala de aula. Alguém acredita que a assiduidade não deve ser um factor essencial na vida de aluno? Será que o objectivo de alcançar taxas de aprovação de 100% é em si mesmo um fim?

Manuela Ferreira Leite prometeu esta semana alterar o Estatuto do Aluno, onde se restabelecerá a autoridade da Escola e o nível de exigência adequado. A valorização da assiduidade, da disciplina e do civismo é uma das promessas do PSD nesta matéria, contrariando o que tem sido feito nos últimos quatro anos. Será também importante terminar com esta obsessão pelas estatísticas, e focar o objectivo da escola na sua verdadeira essência: a transmissão correcta de conhecimentos e melhorar o processo de socialização dos jovens, que, cada vez mais, passa pela Escola. Esse será um dos “cavalos de batalha” do novo governo na Educação. E também neste sector serão evidentes as dissemelhanças entre o PS e o PSD...

publicado por Nuno Gouveia às 18:26

pesquisar
 
Últimos comentários
Se o balanço do trabalho do IFSC é claramente posi...
"Que o país quer genericamente mais do mesmo, é ev...
O foco neste momento são as autarquias. Penso que ...
http://osocratico.blogspot.com/2009/09/as-ultimas-...
Mais uma vez repito: o método dHhondt tem consequê...
Portugal valia o esforço de um homem de bem. Pelo ...
Esta não é a geração rasca mas diria mesmo que exi...
Confesso que estava com algum receio dos eventuais...
Concordo totalmente. Aliás, há vários dias - antes...
Excelente comentário, claro e sucinto, sobre a rea...
Twitter
subscrever feeds
Últimas ligações para este blog
Twingly Blog Search link:http://novaspoliticas.blogs.sapo.pt/ sort:published

Blog Política de Verdade

Banners

Novas Políticas

Novas Políticas