UM BLOG APOIADO PELO INSTITUTO FRANCISCO SÁ CARNEIRO

04
Set 09

O Engº Sócrates, na sua obsessão pela forma e fórmulas comunicacionais, continua completamente alheado do país real que governou nos últimos 4 anos - note-se, em maioria absoluta e com uma presidência cooperante - e tenta agora perante as câmaras, entre cortes de fitas e olhares melosos, anestesiar os portugueses.

Infelizmente, para o Engº Sócrates, os portugueses não esquecem. Têm memória. Sentem, no seu dia-a-dia, nas contas que pagam, nas despesas que enfrentam, nas escolas dos seu filhos, nos hospitais que os servem e nos processos judiciais que se arrastam, que a sua qualidade de vida se degradou. Portugal não melhorou, não se desenvolveu, não se tornou mais seguro e livre nem para si nem para os seus filhos. Portugal está hoje mais pobre, mais endividado e mais deprimido. Sobretudo, os Portugueses, não já confiam neste executivo. E como o podem fazer se é o próprio PS a dar o mote? Quando seu programa eleitoral é a expressão acabada da desconfiança, na descrença absoluta no papel da sociedade civil? Quando ao longo dos últimos anos surgem as maiores dúvidas quanto à isenção e não interferência do executivo no exercício da liberdade de expressão e da iniciativa privada? Como confiar?

Não podem, e isso mesmo expressa o Relatório do Eurobarómetro “European Employment and Social Policy” de Julho de 2009. Enquanto que na Grã Bretanha 54% da população inquirida acredita que, no espaço de 2 anos, conseguirá arranjar emprego, em Portugal a percentagem é de 33%. E para que não restem dúvidas: na Alemanha esse valor é de 51%; na vizinha Espanha é de 41%; na Finlândia é de 61%; em França é de 45% e mesmo na Polónia é de 37%. Os Portugueses desconfiam e provavelmente com razão.

publicado por Eugénia Gambôa às 12:20

pesquisar
 
Últimos comentários
Se o balanço do trabalho do IFSC é claramente posi...
"Que o país quer genericamente mais do mesmo, é ev...
O foco neste momento são as autarquias. Penso que ...
http://osocratico.blogspot.com/2009/09/as-ultimas-...
Mais uma vez repito: o método dHhondt tem consequê...
Portugal valia o esforço de um homem de bem. Pelo ...
Esta não é a geração rasca mas diria mesmo que exi...
Confesso que estava com algum receio dos eventuais...
Concordo totalmente. Aliás, há vários dias - antes...
Excelente comentário, claro e sucinto, sobre a rea...
Twitter
subscrever feeds
Últimas ligações para este blog
Twingly Blog Search link:http://novaspoliticas.blogs.sapo.pt/ sort:published

Blog Política de Verdade

Banners

Novas Políticas

Novas Políticas