UM BLOG APOIADO PELO INSTITUTO FRANCISCO SÁ CARNEIRO

21
Ago 09

Em 2006, Guillermo de la Dehesa, antigo governante de Espanha com González e um dos mais reputados especialistas em comércio internacional, publicou um livro onde avalia o grau de fragilidade das economias da OCDE face aos desafios que os novos participantes no comércio, mormente a Índia e a China, trazem à economia globalizada.

Mede a fragilidade das economias comparando as estruturas produtivas dos países da OCDE com as desses novos actores no processo de globalização. Classifica os países desenvolvidos entre complementares e concorrentes face àqueles, sendo que os "concorrentes" são os que, por terem estruturas produtivas mais aproximadas, mais estão expostos à sua pressão exportadora. Quando o Mundo voltar a crescer, essa pressão voltará a exercer-se inflacionando os preços das matérias-primas e combustíveis e atingindo as quotas de mercado no comércio dos países ditos concorrentes.

 

A análise mostra que Portugal era, de todos os países da OCDE, o que mais tinha a perder com a concorrência de países como a Índia ou a China já em 1996. E que de 1996 para 2004 a situação portuguesa não só permaneceu a mais frágil como a distância face aos países mais "protegidos" aumentou. Isto é, passamos a ser um último mais destacado.

 

Estes factos dão-nos uma boa pista sobre os enormes ajustamentos necessários a curto e médio prazo na economia portuguesa, com o consequente impacto no desemprego.

publicado por António Nogueira Leite às 20:16

pesquisar
 
Últimos comentários
Se o balanço do trabalho do IFSC é claramente posi...
"Que o país quer genericamente mais do mesmo, é ev...
O foco neste momento são as autarquias. Penso que ...
http://osocratico.blogspot.com/2009/09/as-ultimas-...
Mais uma vez repito: o método dHhondt tem consequê...
Portugal valia o esforço de um homem de bem. Pelo ...
Esta não é a geração rasca mas diria mesmo que exi...
Confesso que estava com algum receio dos eventuais...
Concordo totalmente. Aliás, há vários dias - antes...
Excelente comentário, claro e sucinto, sobre a rea...
Twitter
subscrever feeds
Últimas ligações para este blog
Twingly Blog Search link:http://novaspoliticas.blogs.sapo.pt/ sort:published

Blog Política de Verdade

Banners

Novas Políticas

Novas Políticas