UM BLOG APOIADO PELO INSTITUTO FRANCISCO SÁ CARNEIRO

03
Ago 09

Apresentado o programa do Partido Socialista, entende-se, finalmente, a ansiedade com que alguns exigiam o programa do Partido Social Democrata. Perante o programa do Partido Socialista era fundamental desviar as atenções para outros programas.

O programa do Partido Socialista - que convém nunca esquecer está no Governo há mais de 4 anos - é um deserto. Um assustador, embora não surpreendente, deserto.

Não se vislumbra um caminho, antes um emaranhado de promessas.

Não se apresenta um projecto, antes brindes para todos.

De facto, há de tudo para todos.

No essencial o Partido Socialista propõe-se "prosseguir a estratégia definida há 4 anos", o que, convenhamos, não augura nada de bom. Aliás, segundo noticiava o Expresso deste fim de semana, a palavra "reforçar" surge 93 vezes, a palavra "continuar" é usada por 75 vezes e a palavra "prosseguir" é escrita por 69 vezes.

Mas o grande problema do programa do Partido Socialista é que lhe falta credibilidade. Ao programa e a quem o apresenta.

Há muitos exemplos que demonstram a falta de credibilidade, mas um dos mais comentados nos últimos dias, e que é prova do mais vergonhoso eleitoralismo, é a extraordinária proposta de atribuir 200 euros a cada recém nascido.

Esta proposta, que aqui uso apenas como símbolo de todo um programa, demonstra como o Partido Socialista pretende governar na próxima legislatura. Não questiono a importância de termos uma verdadeira política de natalidade (aliás inexistente nos últimos anos), para invertermos a tendência dos últimos anos. Mas, há falta de uma verdadeira política de natalidade, que necessariamente teria de ser discutida e implementada a vários níveis, envolvendo múltiplas entidades, e abordasse a questão com a seriedade que a mesma merece, o Partido Socialista resolve todo um problema com 200 Euros.

Em vez de uma política séria de incentivo à natalidade atira dinheiro para cima do problema.

Regista-se, como exemplo da desorientação que reina no Partido Socialista.

publicado por Goncalo de Sampaio às 19:14

pesquisar
 
Últimos comentários
Se o balanço do trabalho do IFSC é claramente posi...
"Que o país quer genericamente mais do mesmo, é ev...
O foco neste momento são as autarquias. Penso que ...
http://osocratico.blogspot.com/2009/09/as-ultimas-...
Mais uma vez repito: o método dHhondt tem consequê...
Portugal valia o esforço de um homem de bem. Pelo ...
Esta não é a geração rasca mas diria mesmo que exi...
Confesso que estava com algum receio dos eventuais...
Concordo totalmente. Aliás, há vários dias - antes...
Excelente comentário, claro e sucinto, sobre a rea...
Twitter
subscrever feeds
Últimas ligações para este blog
Twingly Blog Search link:http://novaspoliticas.blogs.sapo.pt/ sort:published

Blog Política de Verdade

Banners

Novas Políticas

Novas Políticas