UM BLOG APOIADO PELO INSTITUTO FRANCISCO SÁ CARNEIRO

21
Jul 09

É normal que, em campanha, os políticos prometam este mundo e o outro, mesmo que saibam que não podem cumprir? É normal um primeiro-ministro em funções defender que "o dever de um líder político é fazer propostas"?

Em qualquer um dos casos, penso que não. No momento actual em que vivemos, o bom senso diz que só deveriam ser feitas propostas que, realisticamente, pudessem ser cumpridas. Os Portugueses estão cansados da mesma forma de fazer política: quatro anos de distanciamento para 15 dias de suposta aproximação, que se traduzem na promessa de oferecer tudo e o seu contrário.

É, por isso, fundamental, que as propostas em campanha e na pré-campanha sejam compaginadas com a realidade. Não basta apenas prometer. É preciso mostrar real vontade de cumprir. Porque, se formos só pela parte das promessas, há tantas que este Governo deixou pelo caminho…

E, no fundo, há, em todos nós, uma parte crédula e ingénua, que nos faz querer acreditar que um político fala, genuinamente, a verdade. Principalmente quando (ainda) é o primeiro-ministro de Portugal e sabe, melhor que o comum dos mortais, a real situação em que está o País.

publicado por Francisco Mota Ferreira às 11:39

pesquisar
 
Últimos comentários
Se o balanço do trabalho do IFSC é claramente posi...
"Que o país quer genericamente mais do mesmo, é ev...
O foco neste momento são as autarquias. Penso que ...
http://osocratico.blogspot.com/2009/09/as-ultimas-...
Mais uma vez repito: o método dHhondt tem consequê...
Portugal valia o esforço de um homem de bem. Pelo ...
Esta não é a geração rasca mas diria mesmo que exi...
Confesso que estava com algum receio dos eventuais...
Concordo totalmente. Aliás, há vários dias - antes...
Excelente comentário, claro e sucinto, sobre a rea...
Twitter
subscrever feeds
Últimas ligações para este blog
Twingly Blog Search link:http://novaspoliticas.blogs.sapo.pt/ sort:published

Blog Política de Verdade

Banners

Novas Políticas

Novas Políticas